Basílica
 Dados Gerais do Carmo
 Basílica Tombada
 Significado Histórico
 Pobre Matriz Rica
 Basílica na História
 Outras Informações
 Livro da Basílica
 Pinturas
 Iconografia
 Órgão Tamburini
 Coral Vozes do Carmo
 Horários de Missas
 Horários de Confissões
Paróquia
 Histórico
 Párocos
 Pastorais
 Atividades
 Calendário Anual
 Horários
 Batizados
 Casamentos
 Escola Paroquial
 Capela N.Sra.Boa Morte
 Templo Votivo
 
N. Sra. do Carmo
 Festa: 16 de Julho
 Devoção e História
 Novena
 Cânticos
 Oração
 Reza do Terço

 

 

 

 

 

 Recomende este site

 

 

 
 

Pentecostes

 

 

50 dias após a ressurreição, Jesus cumpre sua promessa, enviando o Espírito Santo sobre os Apóstolos. O Espírito Santo é a ação de Deus em favor da vida. Cheios do Espírito, os discípulos saíram para anunciar a boa nova. No Sacramento do Batismo e no da Crisma recebemos, como os Apóstolos, o Paráclito e seus 7 dons para continuar a obra evangelizadora do Senhor.

 

 

Os sete dons do Espírito Santo

 

 

SABEDORIA

É o dom de perceber o certo e o errado, o que favorece e o que prejudica o projeto de Deus. Por este dom buscamos não as vantagens deste mundo, mas o Bem Supremo da vida, que nos enche o coração de paz e nos faz felizes. Diz o Senhor: "Feliz o homem que encontrou a sabedoria... Ela é mais valiosa do que as pérolas" (Cf. Pr 3,13-15).

 

 

ENTENDIMENTO

É o dom divino que nos ilumina para aceitar as verdades reveladas por Deus. Mesmo não compreendendo o mistério, entendemos que ali está a nossa salvação, porque procede de Deus, que é infalível. O Senhor disse: "Eu lhes darei um coração capaz de me conhecer e de entender que Eu sou o Senhor" (Jr 24,7).

 

 

CIÊNCIA

É o dom de saber interpretar e explicar a Palavra de Deus. Por este dom, o Espírito Santo nos revela interiormente o pensamento de Deus sobre nós, pois "os mistérios de Deus ninguém os conhece, a não ser o Espírito Santo" (1 Cor 2,10-15).

 

 

CONSELHO

É o dom de saber discernir caminhos e opções, de saber orientar e escutar, de animar a fé e a esperança da comunidade. Mas o Senhor disse-lhe: "Não te deixes impressionar pelo seu belo aspecto, porque eu o rejeitei. O que o homem vê não é o que importa: o homem vê a face, mas o Senhor vê o coração" (1 Sm 16,7).

 

 

FORTALEZA

É o dom de resistir às seduções, de ser coerente com o Evangelho, de enfrentar riscos na luta por justiça, de não temer o martírio. São Paulo confiava no dom da fortaleza. Ele disse: "Se Deus está conosco, quem será contra nós?" (Rm 8,31).

 

 

PIEDADE

É o dom de estar sempre aberto à vontade de Deus, procurando agir como Jesus agiria e identificando no próximo o rosto de Cristo. É o dom pelo qual o Espírito Santo nos dá o gosto de amar e servir a Deus com alegria. "O Reino de Deus não consiste em comida e bebida, mas é justiça, paz e alegria no Espírito Santo" (Rm 14,17).

 

 

TEMOR DE DEUS

Não quer dizer "medo de Deus", mas medo de ofender a Deus. Sendo Ele o nosso melhor amigo, temos o receio de não lhe estarmos retribuindo o amor que lhe é devido. Mais do que temor, é respeito e estima por Deus. "Ouve, ó Israel! O Senhor, nosso Deus, é o único Senhor. Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e com todas as tuas forças" (Dt 6,4-5).

 

 

 

Oração ao Espírito Santo

 

Ó Espírito Santo,

Amor do Pai e do Filho, inspirai-me sempre

o que devo pensar,

o que devo dizer, como devo dizer,

o que devo calar, o que devo escrever,

como devo agir, o que devo fazer,

para obter a vossa glória,

o bem das pessoas

e minha própria santificação.

Amém.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Novena ao Espírito Santo

 

 

 

 

 

 

 

Saiba mais

Pároco Atual  

Liturgia Dominical  

  Liturgia Diária  

Horários da Basílica  

Carmelitas em Campinas  

Imagens e Idolatria  

Links  
  AVISOS  
Escapulário

Origem  

Espiritualidade

 

 

 

 

 

 

Google

 

 

 

 

 

 

 

 

© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil