Basílica
 Dados Gerais do Carmo
 Basílica Tombada
 Significado Histórico
 Pobre Matriz Rica
 Basílica na História
 Outras Informações
 Livro da Basílica
 Pinturas
 Iconografia
 Órgão Tamburini
 Coral Vozes do Carmo
 Horários de Missas
 Horários de Confissões
Paróquia
 Histórico
 Párocos
 Pastorais
 Atividades
 Calendário Anual
 Horários
 Batizados
 Casamentos
 Escola Paroquial
 Capela N.Sra.Boa Morte
 Templo Votivo
 
N. Sra. do Carmo
 Festa: 16 de Julho
 Devoção e História
 Novena
 Cânticos
 Oração
 Reza do Terço

 

 

 

 

 

 Recomende este site

 

 

 
 

Basílica: significado histórico

 

A Matriz Nossa Senhora do Carmo está no local da primeira Igreja Matriz construída em Campinas, sendo sede da primeira paróquia da então Freguesia de N. Sra. da Conceição de Campinas do Mato Grosso. A paróquia foi instalada na mesma data da fundação da cidade, 14 de julho de 1774.

 

O primeiro vigário foi Frei Antônio de Pádua Teixeira, que rezou a primeira missa numa capelinha provisória, usada enquanto se construía a Matriz, inaugurada em 25 de março de 1781. Nela foi sepultado o fundador de Campinas, Francisco Barreto Leme, em 13 de abril de 1782.

 

A Praça Bento Quirino, com sua Matriz, foi a “Celulla Mater” em torno da qual se formou e se desenvolveu Campinas, então um local de passagem de tropeiros que iam rumo a Goiás.

 

Em 1807, decidiu-se transferir a sede da paróquia para outro lugar, construindo-se uma nova igreja, a atual Catedral de N. Sra. da Conceição, que ficou pronta e foi inaugurada em 1883. Era a “Matriz Nova”.

 

Porém, a população não aceitou que a “Matriz Velha” deixasse de ser paróquia. Assim, reivindicaram que continuasse como paróquia, o que foi aceito pelo Bispo de São Paulo, que criou então, na “Matriz Velha”, a Paróquia de Santa Cruz, em 08 de maio de 1870. Em 1938, a paróquia foi oficializada como N. Sra. do Carmo.

 

A Matriz do Carmo foi reformada várias vezes, sendo que em 1929, foi demolida e reconstruída totalmente, no seu estilo neogótico que tem hoje. Em 06 de novembro de 1974, a Matriz do Carmo recebeu do Papa Paulo VI o título de Basílica. A instalação da Basílica se deu no dia 22 de junho do Ano Santo de 1975. É uma igreja muito querida pelo povo de Campinas, é a “Matriz Velha”, a primeira igreja da cidade.

 

 

Fonte: Côn. Dr. Pedro Carlos Cipolini

Doutor em Teologia, Prof. Titular da Puc - Campinas

Pároco e Reitor da Basílica Nossa Senhora do Carmo

 

 

 

Praça Bento Quirino em 1927

 

 

Arquitetura anterior a 1930

 

 

1937

 

 

Foto de meados do século passado

 

 

Arquitetura atual

 

 

Atualmente

 

 

Marco zero da cidade de Campinas

 

Início

Saiba mais

Pároco Atual  

Liturgia Dominical  

  Liturgia Diária  

Horários da Basílica  

Carmelitas em Campinas  

Imagens e Idolatria  

Links  
  AVISOS  
Escapulário

Origem  

Espiritualidade

 

 

 

 

 

 

Google

 

 

 

 

 

 

 

 
© desde 25/12/2006 - Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil